sábado, 5 de maio de 2012

POR QUE SENHOR ATÉ CAIM?




 “...Caim disse ao Senhor: “Meu castigo é grande demais para que eu o possa suportar... E o Senhor respondeu-lhe: “Não! Mas aquele que matar Caim será punido sete vezes.” O Senhor pôs em Caim um sinal, para que, se alguém o encontrasse, não o matasse.... Caim conheceu sua mulher. Ela concebeu e deu à luz Henoc. E construiu uma cidade, à qual pôs o nome de seu filho Henoc...”                                                                           Gênesis 4: 13,15 e 17.

Olá, eu disse que não atualizaria mais o este espaço sobre o tema Bruxaria, meus motivos são vários, e dentre eles, cito apenas um: Não vale apena gastar saliva, o segredo da Arte é para poucos que ousaram transcender o limite da fé humana e dos ícones de todos os credos, e, mantendo a palavra mudo o foco dos assuntos.

Tem coisas que devem ser partilhadas, pois assim servirá para alguns como um modo de ter respostas diretas e objetivas para alguns perguntas desconcertantes que nos dirigem os opositores de nosso Ofício (Jurema Sagrada).

Eram por volta de 17horas, do dia 04 de Maio de 2012, estava eu no ponto ônibus na praça em Arempebe-BA, esperando meu bom e velho coletivo da BTU Paralela Direto,  para ir para casa em Abrantes-BA,

Tinha sido um dia stressante de trabalho, onde tive que subir e descer pelo menos 20 vezes três lances de escadas para cumprir meus deveres na Corregedoria Setorial, já que minha sala fica no terceiro andar, como moro a cerca de 20 minutos de onde trabalho, em linha reta, vou e volto de buzú, pois a BA 099 com seu pedágio caríssimo é um tapete.

Rodovia BA 099

Aproxima-se de mim, um grupo de pessoas, a julgar pelos trajes eram de algum seita fundamentalista evangélica.

Desculpem-me, mas julguei mesmo pela aparência e não adianta me recriminar, qualquer um faria o mesmo,  bastava olhar os ternos antigos e as gravatas de mal gosto dos três homens, além de as únicas partes à mostra eram  as pernas e braços das três senhoras,  que de tanto pêlo me deu certo asco.

Eu me mesmo, me critiquei, e comigo mesmo disse:  Jair você e não tem nada com isso, cada um vive a sua fé do modo que achar melhor e lhe faz bem..

Praça com Ponto de Ônibus em Arembepe-BA
                                                                         
Eles sentaram-se ao meu lado, segurando seu ídolo de adoração, a saber, a Bíblia Sagrada, livro que aceitam de forma incontestável como a palavra de Deus, o livro perfeito, e novamente minha mente mesquinha dizia:

"Coitados, como vivem na ignorância em pleno século XXI e não sabem como este livro foi composto, se soubessem,  talvez  mudassem um pouco  o modo de encará-lo...Pare!!! Você esta sendo cruel Jair – dizia eu comigo mesmo – Eles vivem aquilo que ensinaram a eles, são ovelhas e o que importa é que estão felizes e não vão me evangelizar".

Aldeia Hippi de Arembepe-BA

Parece que pensei alto, pois uma das senhoras virou-se e me ofereceu um folheto, eu gentilmente recusei, dizendo a ela que já tinha uma religião e que não aceitaria o folheto, pois ela poderia dar há alguém que realmente carecesse e se eu recebesse eu certamente não daria o valor devido e não leria e jogaria  fora.

Falei com calma e educação, mas parece que joguei foi gasolina na fogueira, pois a segunda senhora virou-se e teve inicio o seguinte debate (que resumi):

SENHORA 2: Você está recusando e rejeitando a Palavra de Deus!!

JAIR: Não, estou recusando o folheto!!!! E rejeitando o proselitimos.

SENHORA 3: Proseli o que meu filho?

JAIR: Proselitismo Senhora é a tentativa de me ganhar para a sua religião.

SENHORA 1: Não pregamos denominação e sim Jesus.

JAIR: Essa é a sua missão e não tenho obrigação constitucional de aceitar.

SENHORA 2: Não meu filho, estamos apenas lhe evangelizando.

JAIR: senhora, eu não pedir para ser evangelizado.

SENHORA 3: A Bíblia manda, ide por todo mundo e pregai o evangelho, quem crer e for batizado será salvo e quem não crê será condenado. Se você não aceitar Jesus, você vai para o inferno.

JAIR: Senhora, sem querer ofender, trabalho com prevenção, contenção e intervenção na violência e lhe garanto, pelo que vi nesses 20 anos de profissão, o inferno já é aqui, se depois de morrer, ainda for penar lá nos quintos dos infernos, prefiro servir a outro Deus.

SENHOR 1:  Qual a sua religião?

JAIR:  Jurema Sagrada.

SENHOR 2:  Sangue de Jesus tem poder, tá amarrado satanás, liberta essa vida das amarradas do Diabo senhor. Jesus te ama rapaz.

A partir daqui minha civilidade foi-se e o sarcasmo tomou conta de mim e então o diálogo mudou.

JAIR: Quanto ao Sangue devia ir ao HEBA e doar. Satanás se existe é parte de sua religião. Não posso evitar que alguém me ame, mas não posso corresponder, apesar de gostar de uma orgia de vez enquando, mas já sou comprometido e com Jesus não rola, pois era virgem e detesto tirar virgindade de qualquer pessoa.

SENHORA 1:  Jesus tem um plano para a sua vida.

JAIR: Desculpe-me senhora, mas já tenho PLANSERV, UNIMED  e ODONTOSYSTEM. Aliás, já pago caro por eles, não sobraria dinheiro para os dízimos e ofertas que sua religião exige para salvação.

SENHOR 3: Já que você está brincando com a palavra de Deus, porque não pede aos espíritos da sua Jurema  que me  diga o número da mega sena.

JAIR: Engraçado você falar, pois se Jesus a quem você serve e diz que é Deus, não lhe deu os números, se o Deus que você orar diariamente, pede, roga, faz jejuns e cumpre os ensinamentos e a fé que diz ser verdadeira, não lhe achou digno de abençoar com prosperidade, imagine os Mestres da Jurema, a quem vocês ofendem.?

Um ou outro tentou ainda dizer alguma coisa, citou o Livro de Jó, e eu prontamente, os lembrei que Jó era rico e prospero, pois era justo diante de Deus e que Deus segundo a Bíblia, sempre abençoa seus servos com riqueza e prosperidade, até mesmo Elias foi alimentado pelos pássaros no deserto, e segundo a Bíblia até mesmo o Rei Nabucodonosor que era idolatra foi abençoado e prospero, e mesmo Caim que matou Abel, Deus lhe pois um sinal para que ninguém o matasse e ele construiu uma cidade e foi rei, ora se até Caim teve a benção da prosperidade, se até caim foi prospero e abençoado e teve grande decendência porque vocês eu sempre vejo quase todos os dias aqui, suados, cansados, com as mesmas roupas, sem nem um água mineral para tomar, sem nenhum sinal de prosperidade, será que Deus acha até Caim mais digno de bençãos e prosperidade do que vocês!!!!?

Fez-se silêncio, todos calaram, como se essa verdade caísse sobre eles como um raio, como se uma revelação que lhes fosse dada.

Eu subi no Buzú e eles ficaram lá sentados no banco do ponto, em silêncio, senti o tom triste no ar e uma  ruga de interrogação. Por que Senhor até Caim?


                                                                             Praça de Arembepe-BA


5 comentários:

Sociedade dos Filósofos Mortos disse...

Amei suas respostas , não sou do tipo de falsos discursos , suas resposta foram com base na propiá palavra sagrada deles , na qual não tiveram nem a sabedoria de refutar ou contestar seus argumentos . e confesso que queria ter esse dom de responder aos crentes dessa forma .

Juremeiro Jair de Santana disse...

Irmão "B", não é dom, tenho plena convicção em minhas crenças e sigo inabalável na Jurema Sagrada, o que fiz para poder responder, foi ler muito livros espiritas que são bons em refutação das crenças da cristandade, fiz alguns cursos Bíblicos, assito programas de TV deles, li e leio a Bíblia (nas várias versões), leiu sempre que posso livros deles e assim tenho a chance de poder responder dentro da forma que eles possam entender... E em nenhum momento me deixei influenciar por nada disso, pois fiz isso como pesquisador e não como alguém que buscasse destruir ou fazer parte dessa forma de fé..Portanto a melhor forma de refutar é conhecer a doutrina e a história da religião deles...Agradeço por demais sua leitura e comentário, espero vê-lo pessoalmente em breve.

Asterion disse...

O protestantismo, do qual os neopentecostais reforumularam como dessidentes já continha em suas diretrizes que a prosperidade é um sinal da benção de Deus sob um fiel. Mas o que vemos por ai - principalmente pelos programas de TV é que, tirando os dirigentes dos templos - todos os fiéis parecem que não tem nem onde cair duro. Convivemos com esta realidade todos os dias. Se até Caim, nossa, muito que pensar mesmo. Informação é a grande arma da humanidade, parabenizo-te por tê-la e por saber usá-la.

Juremeiro Jair de Santana disse...

Irmão
Asteriorn, agradeço pelos comentários e pela leitura...

Anônimo disse...

Estava pelo Google a procurar uma imagem de Arembepe para um trabalho, e acabei por achar interessante o título da imagem. Li todo seu texto e achei interessantíssimo.
Não conheço sua religião, me interessei por ela através do seu texto, e após escrever este comentário vou pesquisar sobre a mesma.
Não sei se meu comentário será lido, dado ao tempo que o post foi escrito, mas deixo, mesmo assim, o meu registro.

Ariane Gusmão (gusmaoane@gmail.com)